O verdadeiro "Happy Hour"

O verdadeiro “Happy Hour”, o momento do treinamento de Budo Taijutsu e Ninjutsu. Artes Marciais.

Escrito por Roberta Cardoso em 3 de julho de 2018

São Paulo , cidade atribulada , transporte ao trabalho caótico , falta de tempo , perda de tempo , quem vive numa grande cidade sabe sobre o que estou falando. A hora do treino é o verdadeiro “Happy Hour“, aquele momento em que você deixa os calçados do lado de fora do dojo e , entra em casa  e conecta se com seu eu.

Quando chegamos na porta do dojo e , tocamos a campainha inicia se a consciência  do treinamento, o que anteriormente já deve ter sido pensado em casa , já que temos que montar a mochila com as vestimentas: dogi, tabi, obi e bujin. Adentrando ao local de iluminação, deixamos um pouco de lado, a dentista, o engenheiro, o médico, os programadores, os advogados, policiais ,professores e muitos outros, e nos tornamos Budokas ( artistas marciais). A preparação do corpo é uma parte importante para evitar lesões e manter a saúde, o ponto é ter consciência corporal e saber dominar os movimentos. A mente  deve estar  em um estado total de ciência e, todos os sentidos conectados para uma maior percepção. Por isso é muito importante valorizar o seu momento, e cada ação que se faça .Entender que o estudo e a repetição nos elevará o taijutsu (técnica corpórea), e o verdadeiro esforço nos eleva o espirito!